Category: Dicas

Mouse Gamer: Como escolher o melhor para jogar?

Para quem é um gamer apaixonado, estar atento aos melhores acessórios e periféricos para o seu PC não é apenas uma questão de ter o melhor produto do ano. Alguns equipamentos são extremamente necessários para jogar. As peças básicas de um computador que é usado apenas para tarefas diárias não suportam ou não têm uma boa compatibilidade com jogos mais pesados. E é por isso que um mouse gamer pode e deve ser escolhido rigorosamente para melhorar sua performance jogando.

Pensando nisso, separamos esse post para te dar algumas dicas de como escolher seu mouse gamer e fazer um bom investimento para jogar melhor.

Vale a pena comprar?

Sim. Se você realmente é aquele player que joga todos os dias e precisa de mais performance no seu desenvolvimento, vale muito a pena. Esse tipo de equipamento é completamente estruturado para atender às necessidades dos gamers. Suas principais vantagens são um tempo de resposta menor no clique e maior controle dos movimentos, permitindo agilidade e consequentemente, uma vantagem sobre seus adversários.

A questão é que muitas vezes esse tipo de mouse é relacionado aos grandes competidores de eSports. Por isso, a visão que muitas pessoas têm é que esse é um equipamento exclusivo apenas aos jogadores profissionais e que é muito caro também.

Contudo, se você fizer uma boa pesquisa e analisar todas as marcas disponíveis, vai ver que é possível ter seu mouse gamer escolhendo da forma certa e investindo um valor razoável.

Como escolher um mouse gamer?

Para você fazer a escolha certa do seu periférico, selecionamos aqui alguns pontos importantes a serem levados em consideração. Confira:

Sensor óptico: o principal diferencial de um mouse gamer é a sua agilidade e precisão nos movimentos. Logo, o componente que realiza essa tarefa deve ser escolhido com muito rigor. O sensor óptico é o responsável pela agilidade, por isso, garanta que seu mouse tem um bom acessório. Normalmente mouses a laser tem maior precisão, mas eles também captam mais informação da superfície do que o necessário. Isso pode causar um erro de tracking durante seu jogo.

DPI: Muitos sites convencem seus leitores que quanto maior o DPI, melhor o mouse. Isso não é exatamente verdade. Um periférico com 1.600 DPI é o suficiente para jogatinas casuais e outras tarefas básicas. O ideal é sempre escolher um mouse com pelo menos 800 DPI e regular as configurações do jogo de acordo com seu mouse.

Cabos: A durabilidade do seu equipamento está relacionado à carcaça dele, se ela é firme e resistente. Verifique isso também nos cabos e caso escolha por um mouse sem fio, tenha certeza de sua eficácia, pois a maioria deles promete um bom desempenho e mostra muitas interferências.

Quantidade de botões: Pense na sua necessidade ao jogar. Se você quer um equipamento que vai te auxiliar nos comandos, opte por mais botões. Assim você pode programar atalhos em cada um. Escolha bem também onde eles ficam posicionados para não incomodar sua usabilidade.

Anatomia: Considere sua pegada ao escolher o formato do mouse. Entre as pegadas Palm Grip, Tip Grip e Claw Grip, é importante compreender como sua mão se posiciona no periférico para garantir um formato confortável. Por isso, não leve em conta se um amigo disse que tal mouse é confortável ou não. Cada mão é de um jeito e a forma de segurar o equipamento também, conheça a sua e escolher de acordo com isso.

Peso: Muita gente não considera esse simples detalhe que futuramente pode causar cansaço nas mãos durante os movimentos. Confira o peso para sua mão ou opte por mouse com pesos adaptáveis.

Estética: Por questão mais subjetiva, escolha o mouse de acordo com seu gosto. Parece uma coisa boba, mas você pode se cansar de algum mouse com muitas luzes ou ele não combinar tão bem com a estética do seu PC. Só tenha certeza de uma coisa: quanto mais seu mouse se parecer um transformer, pior ele é para a manipulação.

Preços e custo-benefício de um mouse gamer

Os valores de cada mouse variam completamente de acordo com suas configurações. Se você não tem a possibilidade de investir muito, alguns modelos da Multilaser de 2.400 DPI podem ser encontrados por até R$ 30,00 e apresentam um bom desempenho.

A marca Logitech costuma ter mouses de pelo menos R$ 180,00, com DPIs programáveis e uma ergonomia facilmente adaptável à mão. Alguns modelos, com mais de 10 botões, podem atingir até R$ 1.000,00 dependendo das configurações.

Tudo depende do que você espera para sua jogabilidade e do seu gosto também, pois às vezes o detalhe estético encarece o produto.

Razer

Em 2018, os melhores modelos da Razer são o Naga Trinity e o Deathadder Elite.

O Naga apresenta um sensor de alta qualidade e é bem pequeno em comparação a outros modelos. Ele foi desenvolvido fundamentalmente para jogos de MMO/ MOBA, por isso, apresenta um conjunto de 12 botões laterais. Uma vantagem é que essa placa lateral é removível e intercambiável. O mouse acompanha outras placas, uma com 7 botões ao redor de um círculo e outra com apenas 2. Isso te possibilita várias mudanças para se adaptar ao seu jogo e todos os botões são firmes e corretamente sensíveis ao polegar. A usabilidade é extremamente confortável. Cada clique oferece também um retorno sonoro com bom feedback tátil para ter a garantia de cada ação. Ele possui uma resolução de até 16.000 DPI e pode ser encontrado desde R$ 550,00 a R$ 780,00 dependendo da loja.

O Deathadder também possui uma resolução de 16.000 DPI. Seu maior diferencial é um rastreamento impecável, com o melhor sensor de mouse desenvolvido pela Pixart até hoje. Atente-se para escolher o seu, pois ele apresenta dois botões simples e bem posicionados, mas possui tamanhos e pesos diferentes, havendo opções até para ambidestros.

Logitech

O melhor mouse sem fio no mercado atualmente, com certeza é da Logitech. O G903 Lightspeed tem um valor mais alto, mas vale o preço, além de que ele também pode ser usado com fio conectando um micro cabo USB. Suas configurações de DPI são altamente confiáveis, sem nenhum problema de tracking ou no cursor. Seu layout é ideal para ambidestros e possui botões removíveis em ambas as laterais, sendo também muito leve e cabendo perfeitamente na mão. Seu valor pode chegar a até R$ 600,00, mas vale muito a pena o investimento.

O G203 Prodigy é muito barato comparado a qualquer outro modelo da Logitech, sendo em torno de R$ 170,00. Para quem quer apenas um mouse intermediário, seu sensor de até 8.000 DPI entrega muito bem o software de driver de jogo e atende com um bom preço.

Já o pesado G502 Proteus Spectrum de 121 gramas sem pesos e cabos, tem um sensor de 12.000 DPI. Apesar disso, ele tem um toque confortável às mãos. Ele é uma boa opção ao Deathadder. Seus preços vão de R$ 199,90 até R$ 290,00 e é ideal para quem gosta de mouses pesados.

Tem mouse gamer bom e barato?

Sim. Se você souber analisar todas as configurações que explicamos da maneira correta, facilmente encontrará um periférico bom e intermediário de até R$ 150,00. A marca Multilaser costuma ter bons modelos nesse quesito. O MO208, por exemplo, pode ser adquirido por R$ 35,00 a apenas R$ 50,00 e ele apresenta 7 botões e uma função de triplo disparo. Já o Warrior MO207, também da Multilaser, é um pouco mais avançado com 3.200 DPI e quatro tipos de sensibilidade. Ele possui a mesma quantidade de botões que o anterior, com uma vantagem: a tecnologia Blue Track. Esse adicional deixa seus movimentos mais precisos e tudo isso por apenas R$ 80,00.

Por fim, um outro mouse que merece atenção é o Leadership Tiger. Por apenas R$ 100,00 oferece 3.000 DPIs ajustáveis e uma alta precisão nas ações realizadas. Seu design é emborrachado e encaixa muito bem na palma, sem deslizar nenhum pouco.

Mouse usado vale à pena?

Sim. É muito importante checar se todas as funções estão usuais e desempenhando corretamente antes de comprar seu produto. Faça todas as perguntas possíveis sobre as condições de uso e cuidados do mouse que deseja. Somente assim você terá a garantia de que está fazendo um bom investimento. O mouse com o tempo perde sua capacidade de resposta rápida, pois quanto mais cliques ele possui, mais desgastado fica. A dica é que você não adquira mouses com mais de 1 ano de uso intenso, apenas abaixo disso é realmente uma economia e você desfrutará bem do produto.

Se você quer comprar um mouse usado, busque também por plataformas de trocas e vendas especializadas, como por exemplo, a EasyGamer. Essa é uma plataforma apenas para jogadores venderem, comprarem e trocarem seus acessórios e equipamentos. Assim, você tem a segurança de estar comprando/trocando seu mouse com alguém que entende todo seu funcionamento.

Essas foram nossas dicas para você não errar na hora de escolher seu mouse gamer. Se tiver gostado do post, compartilhe com seus amigos para eles aprenderem a escolher seus periféricos sem frescura.