8 Dicas para trabalhar grávida – O que fazer e não fazer

Embora implica algumas mudanças no corpo e no humor da mulher, a gravidez não é uma doença, e, portanto, não deve implicar na quebra de sua rotina diária. A gravidez não deve ser obstáculo para que a mulher trabalhe, a menos que tenha algum problema no seu estado de saúde e é obrigada a deixar de algumas atividades.

À medida que A gravidez avança, é natural que a barriga da mulher aumente de tamanho e essa condição dificulta a realização de algumas tarefas. O ter que trabalhar muito tempo sentado é desconfortável para qualquer pessoa, e é-o ainda mais para uma mulher que leva um barrigudo por diante. Por isso, não está de mais e atender a essas dicas para continuar a trabalhar durante a gravidez.

Gravidez confortavelmente no escritório de trabalho é importante para que a mulher possa se sentir bem, e não tenha que interromper os seus trabalhos. Por isso, listamos algumas recomendações para que ela se sinta o mais confortável possível e não ter que deixar de trabalhar:

1 – Ainda que pareça difícil, é necessário manter a postura. Sentar-se bem, durante o trabalho, é fundamental. Se você trabalha em frente a um computador, coloque a cadeira mais próxima ao teclado, assim você poderá manter uma posição reta e evitar as dores nas costas. A cadeira deve ter um encosto reto e acolchonado.

2 – Quando não está a trabalhar, procure dedicar um pouco de tempo a exercícios físicos. Caminhar é um hábito muito benéfico para evitar problemas de circulação e nas articulações. O yoga e a hidroginástica são muito recomendável.

3 – Em casa ou no trabalho, você deve fazer uma alimentação equilibrada, para evitar que ganhar mais quilos do que o aconselhável. É recomendável comer algo a cada 2 ou 3 horas.

4 – Nas suas horas livres, você deve descansar o máximo que você puder. Dormir é essencial.

5 – lembre-se de que cada gravidez deve ser vivido à sua maneira. Só a mulher que está grávida sabe se pode ou não ter recursos para fazer o que lhe é oferecido no trabalho. Não compares a tua gravidez com o de outras mulheres.

6 – Se positiva e não desanime se um dia você acorda com menos energia e incentivo que o outro. Não deixe que a angústia e o cansaço te desanime.

7 – Não deixe que as náuseas prejudiquem a tranquilidade do seu trabalho. Tenha em mão um analgésico ou anti-ácidos, recomendados pelo seu médico.

8 – Não se esqueça de fazer breves pausas de vez em quando, levantar as pernas a cada 15 minutos, para evitar desconforto, como o inchaço dos pés e tornozelos.