Redes sociais como escolher a mais adequada para a empresa?

Com o passar dos anos, como provaram ser excelentes canais para ganhar mais visibilidade e ser capaz de ter uma melhor proximidade com os clientes, se você usar as ações apropriadas.

No entanto, enquanto muitas organizações decidiram votar a favor deste espaço obtenção de resultados positivos, outros não ver a forma em que estas ferramentas podem ser úteis, especialmente para o tipo de produto ou serviço que você oferece. E é que, enquanto as redes sociais ajudar a divulgar, vender, comunicar e apresentar os produtos ou serviços de uma empresa, o que não significa que todas as redes são úteis para todas as empresas.

O que você deve ter em mente ao escolher uma rede social?

Em novembro de 2016 publicou um estudo em que revelou o perfil do usuário de cada uma das redes sociais mais populares do momento. É essencial levar em conta que o público-alvo de uma empresa, antes de escolher o apropriado plataformas para divulgar seus produtos ou serviços.

  • Facebook: Além de ter uma grande porcentagem do público jovem, a rede social de Mark Zuckerberg também atinge o público entre 35 e 54 anos. Da mesma forma, 62% dos americanos de 65 anos de idade e a partir de já ter uma conta nesta rede social.
  • Twitter: 71% dos usuários têm entre 25 e 54 anos, e é uma enorme rede social muito popular entre os profissionais de comunicação (jornalistas, publicitários, etc.).
  • Instagram: 60% dos usuários desta plataforma estão entre 18 e 29 anos de idade, mas a maioria são mulheres.
  • LinkedIn: Esta rede social é utilizado por cerca de 25 % da população adulta, a grande maioria são profissionais com ensino superior.

Cinco dicas práticas para o uso correto das redes sociais

Depois de escolher as redes sociais apropriadas para atingir o público-alvo, é importante levar em conta algumas dicas para quando você começar a utilizar estas ferramentas. Em seguida, compartilhá-los alguns:

  • Produzir uma estratégia de conteúdo com postagens regulares e diferenciadas para cada rede.
  • Buscar a interação com os usuários.
  • Humanizar a marca, especialmente sobre o assunto de atendimento ao cliente.
  • Ouvir as queixas ou reclamações de usuários com cuidado, e oferecer uma resposta rápida.
  • Aproveitar as ferramentas para conhecer e entender as necessidades dos clientes.